Pai Nosso da discórdia nas escolas públicas

O que me pôs a pensar na falsidade da religião cristã é a nula tolerância para as outras religiões. (…) Dado que os dogmas cristãos não podem ser tomados como a verdade absoluta, qualquer outra doutrina religiosa diferente da oficial deveria ter o mesmo direito de existir e ser praticada, se assim o desejam os homens.

John Milton (1608-1674)

Eu não acredito em Deus e não me faz nenhuma falta. Pelo menos não sou intolerante. Os ateus são as pessoas mais tolerantes do mundo. Um crente passa facilmente para a intolerância. Em nenhum momento da história, em nenhum lugar do planeta, as religiões serviram para que os seres humanos se acerquem uns aos outros. Pelo contrário, só serviram para separar, para queimar, para torturar. Não creio em Deus, não preciso dele e ademais sou boa pessoa.

José Saramago (1922-2010) 
Anúncios

4 respostas em “Pai Nosso da discórdia nas escolas públicas

  1. Não existe religião oficial, nem assim reconhecida por nenhum organismo civil internacional. Por outro lado a crença ou descrença é opção de cada indivíduo. Em relação ao cristianismo o próprio Cristo já advertiu para as práticas abusivas quando afirma que muitos viriam em seu nome – e aí está!
    Só através do interculturalismo as crenças, e descrenças, podem coexistir de forma pacífica porque se entendem e se respeitam através do diálogo! Mas nesse mundo altamente materialista e descrente dos bons costumes e condutas a crença desvirtuada (posses, cobiças, desejos, inveja, animalidade e outras) só tem feito crescer a sociopatia desenfreada. Daí se cumpre qualquer profecia a respeito do mal, independente de credo.

  2. Não existe religião oficial, nem assim reconhecida por nenhum organismo civil internacional. Por outro lado a crença ou descrença é opção de cada indivíduo. Em relação ao cristianismo o próprio Cristo já advertiu para as práticas abusivas quando afirma que muitos viriam em seu nome – e aí está!
    Só através do interculturalismo as crenças, e descrenças, podem coexistir de forma pacífica porque se entendem e se respeitam através do diálogo! Mas nesse mundo altamente materialista e descrente dos bons costumes e condutas a crença desvirtuada (posses, cobiças, desejos, inveja, animalidade e outras) só tem feito crescer a sociopatia desenfreada. Daí se cumpre qualquer profecia a respeito do mal, independente de credo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s