Mais sobre um mesmo tema

Anjos e Demónios. Charge de Boligán, El Universal, Cidade do México

Padres e Pedofilia: Armadilhas. Desenho Animado de André Carrilho, Portugal

Fofocas mesquinhas da opinião dominante. Charge de Rainer Hachfeld, Neues Deutschland, Alemanha.

CRISE MARCA OS 5 ANOS DO PONTIFICADO DE BENTO XVI

O papa Bento XVI marcou o quinto ano de sua escolha para o cargo nesta segunda-feira sob a sombra dos abusos sexuais cometidos por padres que colocaram a Igreja Católica em sua mais séria crise dos últimos tempos. Bento XVI foi o anfitrião de um almoço no Vaticano com cerca de 60 cardeais, que o saudaram e aplaudiram.

Sentado perto do pontífice no palácio apostólico estavam dois de seus conselheiros mais próximos, o cardeal Tarcisio Bertone, secretário de Estado do Vaticano, e o cardeal Angelo Sodano, reitor do Colégio dos Cardeais e um dos mais ardentes defensores do papa durante o escândalo.

O papa lidera a igreja “com grande generosidade” tendo em vista “as mudanças que o mundo moderno apresenta a cada discípulo de Cristo”, disse Sodano em discurso para o pontífice, segundo a rádio Vaticano. (leia + em A Tarde)

>Mais sobre um mesmo tema

>

Anjos e Demónios. Charge de Boligán, El Universal, Cidade do México

 Padres e Pedofilia: Armadilhas. Desenho Animado de André Carrilho, Portugal
Fofocas mesquinhas da opinião dominante. Charge de Rainer Hachfeld, Neues Deutschland, Alemanha

 

 

CRISE MARCA OS 5 ANOS DO PONTIFICADO DE BENTO XVI
O papa Bento XVI marcou o quinto ano de sua escolha para o cargo nesta segunda-feira sob a sombra dos abusos sexuais cometidos por padres que colocaram a Igreja Católica em sua mais séria crise dos últimos tempos. Bento XVI foi o anfitrião de um almoço no Vaticano com cerca de 60 cardeais, que o saudaram e aplaudiram.Sentado perto do pontífice no palácio apostólico estavam dois de seus conselheiros mais próximos, o cardeal Tarcisio Bertone, secretário de Estado do Vaticano, e o cardeal Angelo Sodano, reitor do Colégio dos Cardeais e um dos mais ardentes defensores do papa durante o escândalo.O papa lidera a igreja “com grande generosidade” tendo em vista “as mudanças que o mundo moderno apresenta a cada discípulo de Cristo”, disse Sodano em discurso para o pontífice, segundo a rádio Vaticano. (leia + em A Tarde)